Eu Passarinho

logo eu, tão destraído
tropecei no amor e
acabei cedendo
– a fragilidade
foi aquém do tempo
e toda alegria
me deixou no chão

hoje passarinho
meio assim, sem medo
cantarolando nenhum desespero
pois sei que à noite tenho tuas mãos

. Ícaro Uther

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s