A Lenda de Márcio Dad.

Márcio dad. (como ele se intitula), porque ele não consegui falar “death”, ao invés disto ele fala “dad” é uma das criaturas pitorescas e folclóricas do cenário do rock parnaíbano.

Com suas sobrancelhas bem finas, sua voz horrível, seu rosto mais feio que batida de deus me livre com cruz credo… Ele ainda consegue (acreditem se quiser), ser mais chato que o Roger.

Figurinha carimbada do rock parnaíbano, ele é taxado como um dos maiores pouse. Que já existiu na face da terra.

Sinopse: pouse é uma expressão americana que significa pessoa que pousa de rockeira.

Continuando…

Uma da poucas pessoas que eu tive o desprazer de conhecer pessoalmente, que gosta de uma banda sem nunca ter escutado… E não é só isso caros leitores ele é o único ser na face da terra (que eu tenho conhecimento), que compra um cd de white metal pensando que é black metal.

Sinopse: White metal é uma espécie de metal de deus criado em meados dos anos 90 por ex- satanistas que se converteram a igreja batista.

Black metal é uma espécie de metal criado com o intuito de difundir o satanismo, ocultismo e a sub-cultura das trevas através de letras macabras e mensagens ocultas em suas letras.

Ele também faz parte deu uma serie de inúmeros outros “true black metaleiros” que escutam guns n’ roses e acham que são satânicos.

Só mesmo aqui em phb city pra ter isso mesmo…

. Texto escrito por: Necro

Anúncios

Hora da Soneca.

Muito bem pessoal, é hora de nós, os redatores, tirarmos nosso cochilo. Cochilo mesmo, porque às quatro e meia nós vamos nos acordar para darmos uma volta pela Praça Santo Antônio, atrás de Capturar uma das líderes das Red Tiamat Dragons. Pra quem não sabe o que é, leia a lenda das Tiamat Dragons, tem uma categoria nesse Blog só para elas.

Logo após fazermos a captura (tentarmos!) nós voltaremos a escrever por volta do meio-dia. Até lá, por favor, não se desesperem, não tentem se matar, se for o caso de você não aguentar ficar sem ler nossos textos até tal hora, se amarre pra não tentar fazer besteira.

Pra finalizar,  um vídeo bem educativo:

( Johann na noite Parnaíbana )

. Texto de boa noite escrito por: Ícaro Uther

Tropa de E L I T E!

– Bote, bote mais!

– Sensacional, sensacional, sensasional!

Sim, esse é o humor negro Piauiense, humor negro sim!

Apesar que eu gostei muito do vídeo, ele não deixa de ser relatado como humor negro.

Poucos viram na Tv, e eu me considero um felizardo de poder ter visto, e logo após ter visto, ter conseguido baixar do site da Tv Cidade Verde. (Em off, ok?!)

Vou apresentar para vocês agora, que merda de BOPE, que nada!

A onda agora é BOTE!

Bote de elite, pega um, pega geral, come tudo que botar, e come é na colher de pau!

Isso sim é cultura piauiense nata.

Vamos deixar de lero-lero, fiquem agora com o nosso Batalhão de Operações Táticas dos Esfomeados:

. Texto escrito por: Ícaro Uther

Me escondo na última.

Me escondo na  última

Gaveta do armário.

Lá me escondo.

Trancado,

Calado.

Pobre diabo solitário.

Ela não mais abre.

Pobre diabo.

Trancado.

Sozinho.

Sem saber o que é afago!

(trancado)

. Poema escrito por: Necro

Lo Puerto de las Barcas.

O Porto das Barcas centro histórico-cultural da cidade de parnaíba.

O Porto das Barcas, antes que antes se chamava Porto Salgado, (não faço idéia porque) fica situado à margem direita do Rio Igaraçu. Em 1769 prosperou como entreposto comercial devido a grande agitação de embarcações, tornando-se numa feitoria crescente do comércio que teve notável impulso, administrado pelo português João Paulo Diniz, proprietário de oficinas de carnes secas, situadas a 80 léguas da foz do Rio Parnaíba; aquele trazia em suas sumacas (barcas) gêneros alimentícios e charque para enriquecer o comércio de Parnaíba, além de várias fazendas, foi arrendatário da Ilha do Caju.

Além deste passado saudoso, nosso porto traz peculiaridades que não vemos em outros portos do Brasil.

Lá funciona o A.S.I.P (área de serviço de inutilidade pública) Onde você poder ver em plena duas horas da tarde rituais satânicos (que também acontecem em as 6 da tarde, mais informações procure o johann.) Lá também tem um infestação de emos que querem dar uma de alternativo.

Fora isso o porto é um lugar bonito e rico de se visitar. Acho que todas as pessoas que eu conheço tem um boa historia de lá. Seja você um jogador de rpg ou um cachaceiro (sem referencias ou icaro é claro.) mas lá é um dos poucos lugar que eu conheço que tem um energia tão impar.

Pode perceber… Qual lugar do brasil que vocês ouviram falar que é historico, é cultural, é alternativo, é um centro de reunião satânica , gente jogando rpg, emos querendo ser alternativo, cachaça , rock loucos e etc…?!

Só mesmo lá…

No Porto Barcas (ou porto das graças?! não sei o certo!)

No porto das barcas.

1

. Texto escrito por: Necro

 

Canguru Red! O Carro do Mal!

Pois é galera, mais um conto histórico de um cidadão folclórico de Phb.

Vamos falar um pouco do cidadão mais conhecido como: “DuBrinquim”, “Monstrim”, “Henrique”, ou simplesmente “Alemão”.

Até hoje eu não sei como esse infeliz achou eu & o johann & o Alciomar & o Victor perdidos pelo mundo, só sei que de bebedeira em bebedeira nós ficamos amigos. E é amizade daquela da boa, né amizade fresca não, é do tipo da amizade de irmão, irmão que é irmão pega até as Red Tiamat Dragons, sorte que ele nessa hora ta em Recife longe dos ataques perigosos delas.

Voltando ao assunto principal do texto, o Canguru Red!

Vou logo fazendo propaganda: É um carro lindo, modelo esportivo, Celtinha Vermelho Total Flex, aceita Álcool, principalmente Montilla, Gasolina, Espermas, Cuspe, Agua de goteira…

Um belo dia do ano, não me recordo a época, estava passeando sorrateiramente pelo Canguru Red, Eu (Ícaro), Henrique (Motorista), Neto (Guitar Hero), e Hyago (RBD).

Agente ia ao Niver de uma dragãozinha amiga dele, mas desistimos e por enquanto ele dava uns amasso nela, agente ficou um tempo na casa do meu tio Israel. Na volta deste Pitoresco passeio, nós vinhemos voltando, se não me engano, pela Avenida Oswaldo Cruz. Nosso amigo Hyago ia avisando o desavisado Henrique das lombadas que vinham pelo caminho, mas meus caros telespectadores, o pior aconteceu. Uma lombada que o Hyago não avisou, esse carro pulou, Nossa mãe!

Eu ainda acho até hoje que meu estomago veio parar no Cérebro devido ao impacto, & acho também que tudo que o Neto tinha bebido, ele botou pra fora, e ainda acho que tudo que o hyago tinha na cabeça, desculpe, ele não tem nada na cabeça.

Pois é galera, vocês já sabem, se verem um Celtinha Vermelho pulando pela rua, é o Canguru Red! Esse é apenas um dos primeiros fatos que estão sendo contados desse carro, todas as aventuras neles, tudo que já aconteceu nele.

. Texto escrito por: Ícaro Uther

Chove, Chuva!

Bem Vindo à Parnaíba!

Bom, esse problema é bem antigo… Desde que eu cheguei em Phb, à 10 anos atrás, que esse problema já existe, e nenhum prefeito ate hoje resolveu.

Estou falando dos “lagos” e “rios”, que se formam no meio da rua… Uma chuva de 30 minutos é o suficiente para alagar a cidade toda!

Isso é um absurdo.

Se nas principais avenidas da cidade, como a São Sebastião, acontece isso, imagine nos bairros mais carentes.

E todo mundo sabe desse problema, só que ninguém resolve.

Na frente da casa do Paulo Eudes, um dos prefeitos que assumiu nesse período que moro aqui, forma praticamente uma piscina! Os carros “afundam” de um lado e saem do outro.

Não estou criticando o atual prefeito, Zé Hamilton, até porque, ele vem fazendo mais do que os anteriores.

Mais espero que UM DIA, alguém resolva esse problema, porque no dia seguinte à chuva, a cidade fica parecendo o rio Tietê, cheia de água e sujeira.

. Texto escrito por: Victor Monteiro